O Davi asiático e o Golias americano

 

A luta descrita no Antigo Testamento que envolveu o jovem e esmirrado pastor judeu Davi e o gigante filisteu Golias, que teria ocorrida mil anos antes de Cristo, talvez não seja uma imagem suficientemente real para descrever o desproporcional enfrentamento entre o povo vietnamita e as forças de intervenção norte-americanas, ocorrido durante a longa Guerra do Vietnã (1964-1975). De um lado encontrava-se uma nação, se bem que herdeira de uma cultura antiqüíssima, das mais pobres do mundo, cujo padrão de vida era várias vezes inferior ao menos desenvolvido dos estados norte-americanos. Do outro, a maior potência militar do planeta. A mais rica e poderosa nação do mundo, a única capaz de realizar intervenções militares em escala planetária, bem como arrasar com bombardeios nucleares qualquer vestígio de vida sobre a terra.

No entanto, para surpresa de boa parte do mundo, depois de onze anos de guerra direta (1964-1975), os Estados Unidos foram constrangidos a retirar-se do sudeste asiático, reconhecendo sua primeira derrota militar em seus dois séculos de história. Para ambos os países, as conseqüências foram eloqüentes, chocantes, naturalmente que muito mais dolorosas para o povo vietnamita.

 

25 anos depois    

No dia 30 de abril de 1975, uma coluna de tanques norte – vietnamitas, integrantes das chamadas Divisões de Aço do Vietnã do Norte, as forças de elite do General Nguyen Giap, puseram abaixo os portões do Palácio Presidencial do governo sul-vietnamita na cidade de Saigon. Umas poucas horas antes, centenas de helicópteros norte-americanos retiravam da capital sul-vietnamita os últimos remanescentes civis e militares que colaboraram com os EUA durante a longa intervenção militar americana. O arriar a bandeira dos EUA de Saigon, representou o fim da Segunda Guerra da Indochina, trazendo a esperança de paz para a região que estivera envolvida em vários tipos de conflitos e guerras desde 1941, quando o Japão imperial ocupou a Indochina nos começos da 2ª Guerra Mundial.

                                                       Grande frustração para os EUA

 

 

     

     http://www.youtube.com/watch?v=AFEjnJxgOYk       

 

 

 

 

 

REFLEXÃO: Essa foi a maior frustração da ONU e dos EUA.

FONTE:  http://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/vietna6.htm

Revista História Viva  –  Junho 2006 – págs. 92 e 93

 

3 Respostas to “O Davi asiático e o Golias americano”

  1. BIANCA Says:

    O blog ficou muito bom e também muito interessante, parabéns.

    BIANCA SANCHES

  2. ERIC Says:

    adorei a apresentação do blog . O enredo ficou interessante com ótimos comentários que prendem o leitor ao assunto .
    muitos abraços do caro leitor e crítico
    Eric Sanches Albuquerque

  3. jp Says:

    oi adorei

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: