Timor e Indonésia

REFLEXÃO:
A independência de Timor será uma solução definitiva? O novo país necessitará de ajuda econômica externa permanente e de um ambiente regional seguro, condições que se afiguram difíceis. Para a Indonésia, economicamente a perda do território não representa nenhuma tragédia. O problema é que o país inteiro arrisca a se fragmentar, contagiando nações vizinhas, como Filipinas e Malásia, além do risco de mergulhar numa guerra civil ou golpe militar. Isso certamente não convém aos países interessados no petróleo e matérias-primas que existem na região.

Um Timor independente por forças Ocidentais será considerado uma herança colonial, com todos os problemas que daí advirão. Assim, a obstinação dos militares num primeiro momento, e a ingerência Ocidental posteriormente, geraram uma tragédia humana e um problema regional cuja resolução não está à vista.

 

Vídeo – A Independência do Timor

http://www.youtube.com/watch?v=ORQtG-qeFVI

 

 

E A ONU? Concluiu missão de paz no Timor Leste

A ONU encerrou ontem (19/05/2005) sua missão de Paz em Timor Leste, três anos depois que o pequeno país do sudeste da Ásia ter reconquistado sua independência da Indonésia, informou a agência Prensa Latina.

“O papel da ONU foi essencialmente manter e reforçar a paz, o que foi feito de forma admirável”, disso o presidente do país, Xanana Gusmão.

Um representante especial das Nações Unidas nessa jovem nação, Sukehiro Hasegawa, declarou que o fato de não haver mais tropas da ONU no país é um reconhecimento de que o país é seguro e pacífico. Com estes discursos foram encerradas as operações da Missão de Apoio ao Timor Leste. Nos próximos dias começará a retirada dos 900 militares da ONU.

De todo modo, ficará aberta até maio de 2006 uma representação da ONU, que ficará encarregada de contribuir para a criação de instituições no país. O Timor Leste precisa do apoio para controlar suas fronteiras, desenvolver uma força policial e estabelecer instituições judiciais e financeiras.

O Timor tem apenas 15 km² e é habitado por pouco mais de um milhão de habitantes. Tornou-se independente em 20 de maio de 2002, após 26 anos de ocupação pela Indonésia. É o país de número 190 da ONU e o Estado mais jovem do planeta.

Fonte: Prensa Latina

 

 

FONTE:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: